Cinderela Chinesa: A história secreta de uma filha renegada

No primeiro trimestre de 2021, as turmas de 9º anos leram o livro Cinderela Chinesa, um lindo e triste relato de Adeline Yen Mah, chinesa, que viveu sua infância nas décadas de 40 e 50 juntamente com sua família: avô, avó, tia Baba, seis irmãos, pai e uma madrasta. Adeline era ignorada por seus irmãos, pois a culpavam pela morte da mãe (que faleceu após o nascimento dela). Seu pai, ao casar-se com Niang, passa a dar sua atenção apenas aos filhos que tem com ela. Os únicos em quem Adeline podia confiar e recebia atenção e amor eram os avós e tia Baba. “Papai estava com três cartões de desembarque na mão e uma expressão embaraçada no rosto. ‘A aeromoça me pediu para preencher esses cartões. Acho que esqueci seu nome chinês’. Eu significava tão pouco para ele, era tão sem importância que ele não lembrava nem o meu nome!”

Os relatos sobre sua infância, escritos 50 anos depois, nos trazem importantes reflexões: pressão estética, religião, internato, relações familiares, cultura chinesa, sonhos. As aulas de língua portuguesa foram de intensa discussão e com um resultado incrível: vlogs feitos por nossos alunos sobre os temas que consideram importantes ainda nos dias de hoje.

“Poder refletir sobre temas como os apresentados em Cinderela Chinesa abre caminho para que os alunos reflitam sobre as situações vividas ou que veem por meio das mídias. Desenvolver a crítica, estudar sobre um país de cultura diferente da nossa, apresentar assuntos relevantes me deixa muito realizada. Fiquei extremamente feliz com o resultado e o envolvimento deles”, explica a professora Vanessa.

Os vídeos foram produzidos pelo professor Vinicius Perin, um compilado de todos os trabalhos de cada 9 ano. 

Esperamos que gostem!

 

Conheça o colégio rio branco. Venha nos visitar!

Desde 1863, nossa filosofia preza pela tradição, incorporando modernidade e inovação, com uma metodologia de ensino que forma verdadeiros cidadãos. O resultado? Alunos muito mais capacitados para a vida, que têm orgulho de aprender.

Últimas do RB Informa