RB Informa

Adaptação escolar: um processo para pais e alunos

O processo de adaptação escolar, que se inicia com a volta às aulas, é pensado com muito carinho por toda a equipe pedagógica da Educação Infantil do Colégio Rio Branco Campinas. Ele acontece para tornar a estadia na escola mais saudável e feliz para os alunos, sendo também um momento de acolhida para todas as famílias, sejam elas novas no colégio, ou as que passam pela transição de série/turma.

A orientadora educacional da Educação Infantil e 1º ano, Millena Bonomi, afirma que o aspecto mais importante da adaptação é o respeito pela individualidade e o tempo de cada aluno. A partir disso, toda a rotina de atividades e acolhida das professoras é elaborada para se adequar às necessidades dos alunos para que, aos poucos, as crianças sintam-se seguras no espaço do colégio. “É uma adaptação também para os pais, para que aos poucos eles conheçam nossa escola, nossos profissionais, e se sintam seguros ao deixar seus filhos aqui”, completa a orientadora.

O período de adaptação geralmente abrange as primeiras semanas de aula, e envolve atividades lúdicas, brincadeiras, música e visita aos ambientes da Educação Infantil, como o bosque e o parque. Entre uma atividade e outra, as professoras explicam como será a rotina da sala e estimulam o entrosamento entre os colegas, sempre com muita doçura e acolhimento. “O importante é que a criança fique aqui sentindo-se bem o tempo inteiro. Por mais que ela acabe chorando eventualmente, ela precisa ter momentos prazerosos também para que a adaptação seja mais efetiva”, conta Pamela Pinheiro Caron, professora do Maternal B.

A professora ressalta que o trabalho de adaptação dos filhos deve ser feito em parceria com a família, reforçando a importância da escola para o desenvolvimento dos pequenos e o quanto eles podem se sentir acolhidos e felizes no colégio. “Perguntar como foi o dia na escola, se correu tudo bem, antecipar que o próximo dia será muito bom também, que ele não precisa ter medo ou receio de nada… são pequenos atos que reforçam nossas atividades e passam uma segurança enorme aos filhos, já que o maior exemplo deles são os pais”, sugere Pamela.

Luciane Burrato Ferreira, Infantil I A, conta que para os alunos dessa série, os maiores desafios costumam ser a nova sala e a nova professora, que podem não parecer, mas são mudanças grandes para as crianças. “Além disso, o período de férias em casa é longo, e voltar à rotina de estudos e a outras regras às vezes pode trazer uma ansiedade e um estranhamento no começo do ano letivo, mas aos poucos eles vão se readaptando e tudo volta à normalidade”, garante a educadora.

Mãe de dois alunos do Colégio Rio Branco, Karina Ribeiro Z. Silva Pacheco passou por duas experiências de adaptação escolar. “Com o Gabriel, meu filho mais velho, a experiência foi mais difícil, acho que por ser a primeira vez que lidei com isso… mas fui aconselhada pelas professoras a sempre ser franca e explicar tudo o que iria acontecer a ele, e a cumprir todos os combinados que eram feitos antes da aula”, conta Karina. Neste ano, a filha Pietra ingressou no Maternal, e já seguindo as dicas que aprendeu com a orientação e professoras há quatro anos, ela garante que a segunda experiência foi bem mais tranquila. “Ela já vinha comigo trazer o irmão mais velho no ano passado, e eu já ia explicando aos poucos como era a rotina dele, como funcionava quando ele ficava na escola. Como resultado, ela já se acostumou muito bem com essa nova situação e está adorando estudar”, celebra a mãe.

Para Flávia Costa, mãe da Maria, hoje aluna do Infantil I, a adaptação precisou acontecer em outro momento para a filha. “No final da minha segunda gravidez, já no decorrer do ano letivo, a Maria apresentou uma resistência para ir à escola, então tivemos que fazer uma nova adaptação para ela. O cuidado que todos tiveram com a minha filha foi especial. Ela precisou de muito carinho e muita atenção nesse período, e a equipe do colégio soube entender bem o momento que estávamos passando e até anteciparam algumas dificuldades que ela poderia ter para já preparar um plano de ação”, discorre Flávia. E hoje, ela ainda colhe os frutos desse trabalho. “O retorno dela neste ano foi ótimo, acredito que pelo sucesso que tivemos com a adaptação dela no Maternal. Mesmo com a separação da sala e dos amiguinhos, ela chegou muito confiante nesse ano e está indo super bem”.

Cursos

Venha
nos visitar

Desde 1863, nossa filosofia preserva e respeita a história de nossos antepassados, incorporando inovação e modernidade, com o objetivo de formar cidadãos críticos e conscientes de suas responsabilidades

Últimas

Eventos

Planejamento Pedagógico 2023

Mais uma manhã de muito aprendizado!  Ontem, 17/01, nossa equipe pedagógica participou do segundo dia da semana de planejamento pedagógico do ano de 2023. Nosso Diretor Pedagógico, professor Admir…

LEIA MAIS
Notícias

Planejamento Pedagógico 2023

Foi dada a largada! Iniciamos hoje a semana do Planejamento Pedagógico de 2023, com muitas atividades pensadas especialmente para a nossa equipe pedagógica. Começamos o dia com um café da manhã delicioso,…

LEIA MAIS
Eventos

Festival de Judô RB 2022

Na manhã do sábado do dia 26 de novembro, aconteceu o Festival de Judô RB, que contou com a presença de nossos alunos do extracurricular e alunos de outras associações. Familiares e convidados prestigiaram…

LEIA MAIS
Eventos

RB realiza Festival e Torneio de Xadrez

No dia 26 de novembro, o RB realizou um Festival e Torneio de Xadrez. Na manhã de sábado, pessoas de todas as idades estiveram no pátio do Colégio participando dos eventos. O Festival era indicado para…

LEIA MAIS