RB Informa

Barraca de Doces RB+: alunos conquistam 2 dias de brincadeira com cama elástica e pula pula, após venda de doces

O projeto Mitos e Verdades nos Contos Infantis levou os alunos do RB+ a mais um desdobramento incrível. Dessa vez, o conto foi “João e Maria” e as crianças chegaram à conclusão de que é mito existir uma casa de doces na floresta, já que construíram uma e ela derreteu. 

Mas a discussão não parou por aí. Quando questionadas pela professora Priscila sobre como João e Maria poderiam resolver seus problemas, uma criança sugeriu: “Se o problema era falta de dinheiro, eles poderiam pegar uma parede e vender. Assim, eles teriam dinheiro”, “Como se fosse uma barraca de doces”, completou outro amigo.

Buscando estimular a criatividade das crianças, a professora perguntou o que elas fariam com o dinheiro da venda. A primeira opção apontada por elas foi uma piscina, já que era um dia muito quente. Além disso, sugeriram brinquedos, sorvete, batata frita e até mais doces para vender e conseguir mais dinheiro para comprar uma piscina bem grande..

Diante dessas possibilidades, a turma optou por primeiro vender os doces e depois decidir o que fariam com o montante arrecadado. Escolheram vender bolo de pote e brigadeiro durante dois dias. Junto com a professora, produziram um cartaz com as informações e o colocaram na sala dos professores.

O dia da venda foi um verdadeiro sucesso. As crianças se organizaram em turnos e todas ajudaram na venda, seja guardando dinheiro ou anotando os nomes de quem encomendou os doces. Resultado: todos os bolos foram vendidos no primeiro dia e a professora precisou fazer mais para o dia seguinte. Após a venda, o total arrecadado chegou a R$376,00.

Em seguida, retomaram a discussão: O que fazer com o dinheiro? O que escolher que agradasse a todos? “Quando algumas crianças começaram a não entrar em um acordo, pois uma queria uma coisa diferente da outra, um aluno sugeriu falando alto: ‘É só dividir o dinheiro e cada um leva a sua parte pra casa!’. Um silêncio pairou na roda e todos os olhos se voltaram para mim: ‘Se vocês preferem o dinheiro, tudo bem. Ou podemos escolher alguma coisa que todos possam se divertir juntos. Que tal um brinquedão?” Pronto, chegamos a um ponto de consenso. Todos gostaram e aprovaram a ideia.”, relatou a professora Priscila.

A professora também nos contou que, nessa atividade, durante todo o processo, as crianças precisaram ter a capacidade de enxergar novas oportunidades, enfrentar obstáculos, manter ou mudar estratégias, precisaram se esforçar para completar tarefas, colaborar com o grupo, fazer planejamentos, tudo isso para melhorar as vendas. Vale destacar que todo esse processo vivido pelos alunos, orientados pela professora Priscila, é um desdobramento do JEEP, curso ministrado aos professores, em parceria com o SEBRAE, em que um dos eixos é o empreendedorismo.

O resultado do esforço e esperteza que tiveram durante todo o processo foram dois dias de muita brincadeira na cama elástica e pula pula para todas as crianças do RB+!

 Confira nas fotos um pouco do processo de venda e da diversão nos brinquedos!

Cursos

Venha
nos visitar

Desde 1863, nossa filosofia preserva e respeita a história de nossos antepassados, incorporando inovação e modernidade, com o objetivo de formar cidadãos críticos e conscientes de suas responsabilidades

Últimas

Notícias

OBA 2022: confira a lista de medalhistas

Mais uma vez, os alunos do Colégio Rio Branco Campinas apresentaram excelente desempenho na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Além dos certificados de participação, 25 dos nossos…

LEIA MAIS