RB Informa

Emoção e nostalgia tomam conta da colação do 3º EM

E chegou o tão esperado dia! A colação de grau dos alunos da 3ª série do Ensino Médio de 2016 do Colégio Rio Branco aconteceu no dia 20 de dezembro, no auditório da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, e contou com a presença do corpo pedagógico e funcionários do colégio, do presidente da SIL (Sociedade de Instrução e Leitura) Pedro Winterstein, da conselheira Paula Falcão, pais e convidados dos formandos.

Em uma cerimônia curta, porém emocionante e muito intensa, foram relembrados momentos marcantes da trajetória dos alunos na escola, muitos deles alunos do Rio Branco desde o Maternal. Admir Moreli, diretor pedagógico do colégio, mencionou em seu discurso sobre a certeza da contribuição pedagógica e familiar para a formação humana e profissional dos estudantes. “São jovens que têm uma estrada longa pela frente e a nossa expectativa é que participem da construção de uma sociedade melhor, com relações humanas de mais respeito e sustentabilidade não somente no sentido do meio ambiente, mas também nas relações interpessoais. É nisso que acreditamos, e é por isso que trabalhamos focados nesses valores e nessa formação”, apontou Admir.

O coordenador pedagógico do Ensino Médio, Nelson Henrique Ribeiro Mortean, lembrou de seu convívio com os alunos desde seu período como professor de Química, e sentiu-se privilegiado por ter acompanhado cada conquista acadêmica das turmas. “As formaturas de Ensino Médio são realmente o fechamento de uma etapa diferenciada na vida dos jovens. E hoje, temos famílias que encerram um ciclo de vários integrantes que estudaram no Rio Branco, uma tradição que passou de geração para geração. Só um colégio de 153 anos consegue proporcionar esse orgulho e satisfação para a sua comunidade”, completou o coordenador.

Aline Cardoso Teixeira Fernandes era uma das formandas mais emocionadas da noite. Ela comentou que, após um ano de bastante esforço e “sofrimento”, todos conseguiram alcançar seus objetivos. “Apesar da felicidade, ao mesmo tempo, vamos sentir muita saudade, foram vários momentos marcantes aqui no colégio, como o estudo do meio em Ilha Grande e Paraty, que vamos levar para sempre”, apostou.

Clarice Lapresa de Andrade Netto fez sua segunda aparição no auditório da PUC nesta semana. “Estive aqui ontem para a colação de minha irmã e já fiquei ansiosa, pois é muita gente que vem prestigiar os formandos”, recordou. E o que fará mais falta para a adolescente a partir de agora? “Nossa classe era muito amiga e unida, conhecíamos a família de todos, a turma vai deixar saudade demais”.

Beatriz Righetti Ferreira, aluna da 3ª série B, estava na expectativa para a chegada da colação de grau. “Achei que esse dia não ia chegar nunca, a impressão que tive é que esse mês passou muito devagar… agora é aguardar os resultados dos vestibulares, e aproveitar o descanso”, projetou a garota. Frederico Figuerôa Biton Tapia ingressou no colégio na 2ª série do Ensino Médio, e adorou as experiências vividas aqui. “Os professores são ótimos e foram dois anos muito produtivos para mim. Vou levar muitas lembranças positivas do RB”, garantiu.

Meire e Fábio Nagata, pais da Natália Mayumi Nagata, da 3º série A, foram alguns dos primeiros convidados a chegarem para a cerimônia. Eles elogiaram muito o papel do colégio na formação de sua filha, especialmente no âmbito social, e já estão saudosistas. “Esse ciclo passou muito rápido para nós, e a partir de agora começa outra luta. Sabemos que não vai ser fácil, mas estamos prontos para a próxima etapa”, garantiu Fábio.

Os pais do aluno Matheus Henrique Pavan Biondo, da 3º série A, também estiveram presentes na celebração, muito emocionados pela conquista do filho. “É muito emocionante estar aqui hoje, já temos uma filha formada e estamos encaminhando mais um para o mundo. O Rio Branco foi muito importante para ele, pois no colégio anterior ele não tinha muitos amigos, e aqui ele leva uma família com ele, isso é inestimável”, afirmou a mãe, Érica Pavan.

Eliana Rodrigues Fozzatti, mãe da Camila da 3ª série C, disse que a filha estudou no colégio desde pequena, e que o momento de hoje é um divisor de águas na vida dela e de sua família. “Eu sou Rio Branco desde que escolhi essa escola para minhas filhas, sempre tive certeza que era isso que queria para elas: a filosofia de ensino, os valores que foram transmitidos. Tenho muito carinho pela escola e pelos professores, estou um pouco triste por deixar um lugar que foi tão especial para nós”, relatou a mãe.

O professor de Física Welington Ribeiro de Queiroz foi Paraninfo da 3ª série C e homenageado pelos alunos da 3ª série B, e chegou ao local da colação extremamente empolgado. “Brinquei há pouco tempo que para nós, professores de Física, é raro receber esses convites, não somos os mais lembrados nesses momentos (risos). Isso é uma prova que eles sabem separar o pessoal do profissional”. Perguntado sobre algum conselho que ele teria para passar aos seus alunos, ele respondeu de prontidão. “Sejam autênticos sempre, pois agora o mundo em que vocês irão se inserir é diferente, onde existe concorrência, deslealdade. Mas acredito que vocês estão bem preparados para encarar tudo isso com ética e respeito sempre”, finalizou o professor.

Cursos

Venha
nos visitar

Desde 1863, nossa filosofia preserva e respeita a história de nossos antepassados, incorporando inovação e modernidade, com o objetivo de formar cidadãos críticos e conscientes de suas responsabilidades

Últimas

Eventos

Diálogos RB com Profª. Luciana Alves

Data do Evento: 25/05/2024Hora do Evento: 110hLocal: Híbrido (on-line e presencial) Nesse encontro especial, traremos a Profª. Luciana Alves para abordar o tema “Educação para as relações étnico-raciais e

LEIA MAIS
Pular para o conteúdo