RB Informa

OPCE discute formas de acesso às universidades

Nem toda prova de vestibular é igual. Nem todo ingresso à universidade é feito somente a partir do vestibular. Em 2017, o Exame Nacional do Ensino Médio será realizado em dois finais de semana consecutivos. Essas e outras informações valiosas foram compartilhadas com os alunos do Ensino Médio do Colégio Rio Branco Campinas pela professora Joice Mensato no encontro de 16 de março do projeto OPCE.

Em aproximadamente uma hora e meia de palestra, a professora de Português explicou detalhes sobre os vestibulares da Usp, Unesp e Unicamp; o que são e como operam o Prouni (Programa Universidade para Todos) e o Sisu (Sistema de Seleção Unificada); esclareceu dúvidas sobre o novo formato do Enem, além de comentar sobre normas e regras de conduta em dias de provas.

Joice acredita que não existe, hoje, um processo avaliativo para o ingresso em universidades que proporcione iguais oportunidades para todos os participantes, porém há um esforço dos órgãos responsáveis pela elaboração das provas para que elas sejam aprimoradas a cada edição. “A Fuvest, por exemplo, tem sofrido alterações muito benéficas ao longo dos anos, substituindo o padrão de decorar respostas para uma prova mais interpretativa, que exige uma reflexão do aluno a respeito do tema tratado na questão. Isso reflete a preocupação com a criação de alunos críticos, que raciocinam e não são somente capazes de decorar conteúdos que serão esquecidos mais para frente”, afirma a docente.

A palestra da professora corrobora o trabalho da equipe do Ensino Médio do colégio de proporcionar condições para que os alunos consigam realizar qualquer exame avaliativo no país. “De simulados específicos, às técnicas de redação de cada prova, nosso trabalho para preparar os alunos para os vestibulares e para o Enem é bem amplo”, conta.

Ao final da conversa, os alunos foram convidados a esclarecer suas dúvidas sobre o tema e receberam, em especial, alguns conselhos sobre como agir no dia dos exames. “Começar as provas pelas disciplinas consideradas mais fáceis por eles é algo eficaz, pois regula o nervosismo inicial. Outro conselho é ter a serenidade de pular exercícios que consideraram difíceis, retomando-os após a resolução das demais questões. Mas reforço que não existe uma fórmula ideal para a resolução das provas, o ideal é respeitar a individualidade de cada aluno e estar seguro no momento dos testes”, conta Joice.

Cursos

Venha
nos visitar

Desde 1863, nossa filosofia preserva e respeita a história de nossos antepassados, incorporando inovação e modernidade, com o objetivo de formar cidadãos críticos e conscientes de suas responsabilidades

Últimas

Eventos

Musik Fest 2022

Vem aí o Musik Fest 2022, o Festival Musical do Colégio para os alunos das turmas de 4º e 5º anos do Ensino Fundamental I! Este ano o festival contemplará as categorias abaixo nas línguas alemã, inglesa…

LEIA MAIS