RB Informa

Projeto Literário – 3º ano

MORAL DA HISTÓRIA… FÁBULAS DE ESOPO

Autor: Roseane Pamplona

Editora Elementar

Série: 3º ano

Professoras:

Cíntia Cardoso

Rosinês Rodrigues Randi Bueno

Samantha Kager

Rachel Cristina C. Orsi Rodrigues

Ana Paula Regali / Fabiana Flacker

Cleile Raquel B. de Paula


Professora substituta:

Denise Ferro


Introdução

Quem não gosta de uma boa história? Quem nunca notou o brilho no olhar de uma criança enquanto ouvia um contador de histórias?

Ao ouvir obras literárias, a criança aprende, pela experiência, pelo  prazer que uma história provoca; aprende sobre as características do texto, passando a considerá-lo pela sua unidade e sequência. Assistir a atos de escrita também tem um importante papel para o desenvolvimento de nossas crianças, pois favorece o conhecimento da linguagem.

Para a realização dos projetos literários, são escolhidos livros de diferentes gêneros textuais, buscando temas que favoreçam o trabalho interdisciplinar.  Além do trabalho com a Língua Portuguesa em seus diferentes aspectos, buscamos a integração com outras disciplinas. A existência de várias áreas interligadas auxilia todo o processo pedagógico a tornar a  aprendizagem contextualizada, ou seja, os alunos percebem e entendem as relações entre as disciplinas e são capazes de identificar os conceitos aprendidos. Durante os projetos, podem perceber o diálogo entre as diversas áreas do conhecimento.


O projeto

No primeiro semestre, utilizaremos o livro “Moral da história… Fábulas de Esopo” para aprofundarmos os conhecimentos acerca desse gênero literário.

Por meio de pequenas narrativas, as fábulas transmitem mensagens com ensinamentos morais, procurando mostrar o que é certo e o que é errado. Ao final de cada fábula, um provérbio é apresentado, possibilitando uma reflexão sobre o comportamento humano, por meio das personagens que são animais.

As fábulas contadas por Esopo atravessaram os séculos – e mesmo os milênios! – sem perder sua atualidade. Elas nos permitem filosofar sobre o ser humano e compreender melhor o mundo em que vivemos. Esopo, que viveu como escravo na Grécia, acabou conseguindo sua liberdade graças às histórias que narrava. E elas não eram criação sua: muitas foram encontradas em papiros egípcios, datados de quase mil anos antes. E até hoje nos surpreendem com sua sabedoria!

As atividades desenvolvidas nesse projeto favorecem o trabalho com os valores morais e com a convivência; busca a reflexão sobre comportamentos humanos, uma vez que permitem o diálogo, a socialização e  a troca de opinião acerca dos conteúdos abordados.

Dentre os objetivos do projeto estão o desenvolvimento do gosto pela leitura e escrita, o reconhecimento da fábula como gênero literário, a realização de inferências em relação ao contexto e a intencionalidade, a produção de textos escritos, a narração de fatos do cotidiano que tenham relação com a moral da história e a reflexão sobre acontecimentos atuais e os presentes nas fábulas.

Serão utilizadas metodologias diversas para a realização do projeto, como a leitura individual, coletiva e jogralizada; dramatização; atividades de produção de texto; discussão em roda; entre outras.  

 

Referência

PAMPLONA, Roseane. Moral da história… Fábulas de Esopo. São Paulo: Elementar, 3. ed., 2005.

<http://www.saraiva.com.br/moral-da-historia-fabulas-de-esopo-4953153.html> Acesso em: 04/03/2017.

Cursos

Venha
nos visitar

Desde 1863, nossa filosofia preserva e respeita a história de nossos antepassados, incorporando inovação e modernidade, com o objetivo de formar cidadãos críticos e conscientes de suas responsabilidades

Últimas

Eventos

Olimpíada Esportiva RB

A partir do dia 12 de setembro, iniciaremos os jogos da nossa tradicional, e tão esperada, Olimpíada Esportiva RB. Como nas edições anteriores, as atividades serão realizadas em períodos distintos para…

LEIA MAIS
Notícias

Reformas e manutenções periódicas

As férias escolares são sempre muito movimentadas no Colégio Rio Branco. É nesse período que são realizadas as reformas e manutenções preventivas em nossa infraestrutura, como pintura das salas de aula,…

LEIA MAIS